arco del triunfo arco del triunfo zaha hadid  
bali cóctel barcelona   zaha hadid hotel berlin
bali   metro munich
bali

Viagens Bucareste


Turismo Roménia

Roménia encruzilhada de influências ocidentales e bizantinas, é um país onde é fácil sentir-se como em casa. Visite-o e descubra as suas deltas, as suas montanhas de nome evocador, as suas paisagens traçadas a pincel, as muralhas de Maramures, a cultura em Sibiu e a legendária Transilvânia. Bucareste, foi baptizada com o nome de “cidade da alegria”, e quando chegue aí saberá porque perder-se-á pelas suas encantadoras ruas e desfrute da gastronomia e da cerveja.

Turismo Bucareste

Bucareste. Os frios bloques de hormigón da época de Ceausescu são o primeiro que dão as boas-vindas ao visitante em Bucareste. A obsessão do dirigente comunista por París se plasmó nos grandes bulevares em torno dos quais se organiza o centro da cidade, assim como em ostentosos edifícios públicos e numerosos parques. O máximo exponente desta devoção parisina é o Arch do Triumf, uma sorte de cópia do Arco del Triunfo.


O que visitar em Bucareste

Estes são os 10 lugares que não deves deixar de visitar durante um fim de semana em Bucareste:

1. O centro histórico de Bucareste, Lipscani, albergou um fabuloso distrito de casas burguesas e ruas comerciais que se extendiam entre o rio e Calea Victoriei, B-dul Bratianu e B-dul Regina Elisabeta. O comunismo acabou com o encanto deste bairr+I40o.

2. O centro alberga as ruínas da Antiga Corte (Str. Franceza) de Vlad Tepes. Na mesma rua está a Biserica Curtea Veche, de 1559, a igreja mais antiga de Bucareste. Em Str. Postei situa-se a Biserica Stavropoleos, um belo e intimista edifício em estilo ortodoxo romeno construído por um monge grego em 1724.

3. O Centro Cívico, que ocupa a zona entre B-dul Unirii e Piata Unirii, foi uma das maiores atrocidades arquitectónicas cometidas pelo socialismo romano. Ceausescu mandou destruir igrejas, monumentos e milhares de casas de um dos bairros mais pitorescos da cidade para construir um centro de mando comunista.

4. O gigantesco Palatul Parlamentului, conhecido também como Casa do Povo, superado só em tamanho pelo Pentágono. Trata-se de uma hiperbólica mole em art-déco com 84m de altura e 12 plantas, desenhada para albergar todos os órgãos do Partido Comunista. Hoje em dia acolhe o Parlamento romeno, o Museu de Arte Contemporânea e algumas oficinas, mas a maioria das suas salas estão em desuso.

5. Frente à fachada principal do Palácio do Povo extende-se a Bulevardul Unirii, que pretende ser uma cópia dos Campos Elísios de Paris. A parte a norte da via converteu-se numa cidade fantasma.

6. À entrada do grande parque Parcul Herastrau alça-se o Arcul de Triumf (Piata Arcul de Triumf), erguido em granito em 1935 sobre um arco anterior em madeira de 1922, que comemora a reunificação do país em 1918.

7. O Muzeul National de Arte, em Calea Victoriei 49-53, é o maior do país e contem uma grande colecção de arte romana e europeia (4ª a Domingo: 10.00-18.00; 40.000L).

8. O Muzeul Taranului Roman (Museu do Campesino Romano), em Sos. Kiseleff 3, é uma excelente amostra da vida no campo. No seu interior alberga duas das famosas igrejas de madeira de Maramures. Dentro encontra-se o curioso Museu de Iconografia Comunista (3ª a Domingo: 10.00-18.00; 20.000L).

9. O Muzeul Satului (Museu do Povo), em Sos. Kiseleff 28-30, é uma reconstrução de um típico povo romano num parque às margens de um lago, com casas rurais, granjas, igrejas, oficinas e moinhos de água. Abre diarimente 9.00-19.00; 40.000L; estudantes, 15.000L.

10. O protesto popular de 21 de Dezembro de 1989 em Piata Revolutiere marcou o final do regime de Nicolae Ceausescu, quem ousou interromper o seu último discurso desde o balcão do antigo Comité Central do Partido Comunista, hoje sede do Senado. Não deixe de visitar esta praça onde várias cruzes brancas e placas recordam hoje quem morreu aqui protestando contra o comunismo.


Restaurantes. Onde comer em Bucareste

Em Bucareste há multiplicidade de establecimentos de comida rápida e pequenos postos de 24 horas onde vendem hambúrgueres, cachorros quentes e sandes. Comer nos restaurantes é barato. Lhes recomendamos: Burebista Vanatoresc (Str. Batistei 14), Count Drácula Club (Spl. Independientei 8A), Hanul Hangitei (Str. Gabroveni 16), A Mama (é uma cadeia muito popular com vários establecimentos no centro), Pui de Urs (Str. Econom Cezarescu, 42) e De Light (B-dul Maresesti 111).

Vida Nocturna Bucareste

Pela tarde, podes tomar um café numa das muitas cafetarias que há pelo centro. Para sair pela noite, os locais ao redor de Piata Universitatil estão sempre animados. Entre os bares mais centrais e populares, figuram: Gara Lipscani (Str. Lipscani 38), Jazz Café (Stefan cel Mare 6) e White Horse (George Calinescu 4A). Para sair a altas horas da noite o melhor é: Bar Fly (B-dul Ferdinand 13), Fire Club (Str. Gabroveni 12) e Salsa (Str. Luterana 9-11).

Compras em Bucareste

Embora todos os preços pareçam muito baratos, tenha cuidado com os vigaristas. Não compre jóias na Roménia.

 

Prepara a tua viagem a Bucareste:

 



















Copyright 2008 by TyM Viajeros S.L. - A travel media company.