arco del triunfo arco del triunfo zaha hadid  
bali cóctel barcelona   zaha hadid hotel berlin
bali   metro munich
bali

Viagens Paris


Turismo França

Encontrarás um país cheio de história. Disfrutarás dos seus vinhos e da sua gastronomia. Vive a rota dos castelos de Loira e Normandia, passeia pelos seus encantadores povos de pescadores, onde o espírito celta sobrevive com força em todas as suas festas. Atreve-te com a aventura dos Alpes Franceses ou com as altas cotas quentes dos Pirinéus. Vive o luxo da bela Costa Azul, desfruta de cidades como Niza e Cannes, com o seu charme e elegância. E não podes esquecer-te de Paris, cidade da luz e do amor, inspiração de escritores e artistas, viva de dia e cativadora de noite, da qual te enamorarás na primeira visita. França esconde as actividades mais variadas e os lugares mais belos em todos os seus recantos.

Turismo Paris

Paris, embora a capital de França não viva já a “festa eterna” que apregoou Hemingway, é todavia uma experiência imprescindível para o viajante. Porque Paris é admirar grandes monumentos, museus, e recorrer as suas elegantes avenidas, mas sobretudo, perder-se nos bairros multi-raciais, sentar-se com uma garrafa de vinho num parque ou uma praça.


O que visitar em Paris

Estes são os 10 lugares que não deves deixar de visitar durante um fim de semana em Paris:

1. Arc de Triomphe (das 9:30 às 23:00 de Abril a Setembro, das 10:00 às 22:30 de Outubro a Março), este ponto neurálgico da cidade, a rotunda maior do mundo, convergem12 avenidas e é o ponto de união de três distritos. A construção foi encomendada por Napoleão em 1806 com a finalidade de comemorar as suas vitórias. O miradouro no terraço está aberto ao público.

2. Os Campos Elísios deve o seu nome ao lugar onde vão as almas felizes depois da morte segundo a mitologia grega. Num extremo encontra-se o Arco do Triunfo e no outro extremo o famoso Obelisco da Praça da Concordia. Jamais se vai de Paris sem tomar um delicioso café e um tradicional croissant numa das esplanadas dos Campos Elísios.

3. O Centre Nacional d’Art e de Cultura Georges Pompidou (Das 11:00 às 21:00. De Terça a Segunda. Quarta Fechado), é o centro de arte contemporâneo mais importante do mundo, e foi um dos primeiros a tomar a iniciativa de criar um espaço expositivo para a arte actual. A obra de Renzo Piano foi no seu momento uma grande ruptura com as tradições arquitectónicas para os centros culturais.

4. A Torre Eiffel (9:30 às 23:00) deve o seu nome ao seu desenhador, Gustave Eiffel, e tem 324 m. de altura, incluída a antena de televisão do seu ponto mais alto. Tem três níveis abertos ao público. Os elevadores levam às três plataformas, a primeira a 57 m. de altura, a segunda a 115 m. e a terceira a 276 m. Para evitar as filas pode-se subir pelas escadas do pilar Sul até a primeira e segunda plataformas.

5. Notre Dame (Das 8:00 às 18:45 de Segunda a Sexta. Das 8:00 às 19:45 Sábados e Domingos), a Catedral da Nossa Senhora de Paris, nao é só uma obra mestra da arquitectura gótica francesa, como também o centro do catolicismo francês por sete séculos. Do interior destacam-se as três espectaculares rosáceas, a maior de todas mede 10 m. de largura, situada na fachada ocidental, por cima do órgão de 7.800 canos.

6. Instalado numa antiga estação de comboios às margens do Sena, o Musée d’Orsay (3ª a Domingo 9:00 às 18:00) expõe todas as obras criadas entre 1840 e 1914, incluídos os movimentos impressionistas, pós-impressionistas e art-noveau. No nível superior, iluminado por uma clarabóia, encontram-se as obras de: Monet, Degas, Rendir, Pisarro, Sisley e Manet, assim como as obras de Van Gogh, Cezanne, Seurat e Matisse.

7. O Hotel dos Inválidos (2ª a Domingo 10:00 às 18 :00) construiu-se na década de 1670 por ordem de Luis XIV. Mais que um edifício, o Hotel dos Inválidos é um conjunto de edifícios. A Sul do conjunto encontram-se a Igreja Saint Louis des Invalides e a Igreja do Dôme ou da Cúpula, com a sua resplandecente cúpula dourada. Esta basílica está considerada uma das melhores construções religiosas do reinado de Luis XIV, e em 1840 recebeu os restos mortais de Napoleão.

8. L’Opera de Paris ou Palais Garnier. (2ª a Domingo 10:00 às 12:00), foi desenhado em 1860 por Charles Garnier para mostrar o esplendor da França de Napoleão III. O Palais Garnier alberga também o Museu da Ópera que contém uma quantidade de documentos e objectos antigos, de grande interesse. A entrada ao museu inclui uma visita ao teatro, sempre que não haja um ensaio.

9. Musée Rodin (3ª a Domingo 9:30 às 17:45) No final do século XIX o escultor francês Auguste Rodin superou o conflito existente entre o neoclassicismo e romantismo, e as suas sumptuosas figuras de homens e mulheres de mármore e bronze fizeram muito pela história da escultura mundial. O Museu Rodin expõe a obra do escultor quase na sua totalidade, incluindo vários moldes das obras mais conhecidas. Este museu é um dos lugares preferidos de turistas e locais pela tranquilidade e luminosidade que inunda o pátio-jardim de esculturas.

10. A entrada principal do Museu de Louvre (4ª a 2ª 8:30 às 23:00), está na Cour Napoleão, frente à pirâmide de cristal de I. M. Pei. A melhor hora para visitá-lo é a da comida, entre as 12:30 e as 14:30. Pela tarde o preço da entrada é mais barato, embora nos dará pouco tempo para visitá-lo detalhadamente. Para a maioria a grande atracção do museu é a Mona Lisa de Leonardo da Vinci.


Restaurantes. Onde comer em Paris

Paris tortura os bolsos de todo aquele que queira provar a famosa cozinha parisiense. Os restaurantes tradicionais e inclusive muitas cafetarias são simplesmente impensáveis para a maioria. Resignate, em Paris, o melhor para o bolso é pizza e Mc. Donalds. As cantinas universitárias repartidas por todos os campus da cidade oferecem comidas copiosas por menos de 10€. Para os que não têm tempo para procurar restaurante, mas que desejam comer rapidamente, os locais da cadeia Linos Pizza e Paul Boulangery. Os restaurantes internacionais da zona do bairro latino e Montmatre. Recomendações: 260 Two Sixty (Archereau 36), 7 de table (Montyon 7-9), Adolphe (Richer 14), Akhnassat Orhim Beth-El (Saulnier 10), Alelouya (Barbes 26), Allo Gourmet 3 Etoiles (Water Tower 18), Allo Sarina (Curial 38), Americano (Basfroi 54), Art Up Kaffe (Jean Mermoz 17), Au Gourmet (Alexandre Dumas 10), Auberge de Belleville (Bd de Belleville 110), Aux délices de Maxime (Crimée 177), Aux Saveurs du Lac (Esplanade des Abrymes 9), Aux Surprises (Galvani 17), Aviva Grill (Gabriel Péri 103), Baan Haï (Jean-Jacques Rousseau 62), Bagel Store L.A (Turenne 31), Bagel's Club (Reaumur 24), Banana Republik (Beaurepaire 8) e Beggel Off (Bd.Voltaire 246).

Vida Nocturna Paris

Paris tem algo para todos os gostos, desde adegas aos clubes mais extravagantes. A zona da Bastilla é uma das mais populares pelos jovens parisienses. Perto da rua St. Maur é o novo Oberkampf. Muitos bares têm música ao vivo nalgumas noites da semana. Também muitos dos bares servem comida. Recomendamos Man Ray (Marbeuf 34) e Café Cheri (Blvb. Da Villete 44).

Compras em Paris

Uma tarde de compras por Galeria a Fayette, é parte de um tour completo por Paris.

 

Prepara a tua viagem a Paris:

 



















Copyright 2008 by TyM Viajeros S.L. - A travel media company.